Verdade, Bondade, Liberdade; segundo Rubem Alves

bolhas de sabão

Felicidade é discreta, silenciosa e frágil, como a bolha de sabão.
Vai-se muito rápido, mas sempre se podem assoprar outras.

Quem é rico em sonhos não envelhece nunca.
Pode até ser que morra de repente.
Mas morrerá em pleno vôo.
O que é muito bonito.

Eternidade é o tempo quando o longe fica perto.

Não quero nem subir para os céus, nem progredir para frente.
Quero mesmo é voltar para os lugares e os tempos que amei e perdi.
A alma é o lugar da saudade.
Velhice é quando o rio se prepara para converter-se em mar.
Para tudo há um tempo.
Mas Deus colocou o coração do homem para além do tempo, na eternidade.

Seremos sábios quando nos tornarmos crianças:
Essa é a essência da sabedoria bíblica.
Deus é alegria.
Uma criança é alegria.
Deus e uma criança têm isso em comum:
Ambos sabem que o universo é uma caixa de brinquedos.
Deus vê o mundo com olhos de criança.
Está sempre à procura de companheiros para brincar.

Eu poderia ter sido jardineiro…
Como não fui, tento fazer jardinagem como educador, ensinando às crianças, minhas amigas, o encanto pela natureza.
O jardim é a face divina da nostalgia que mora em nós.
Jardins bonitos há muitos, mas só traz alegria o jardim que nascer dentro da gente.

Otimismo é quando, sendo primavera do lado de fora, nasce a primavera do lado de dentro.
Esperança é quando, sendo inverno do lado de fora, a despeito dele brilha o Sol de verão no lado de dentro.

Já tive medo da morte.
Hoje não tenho mais.
O que sinto é uma enorme tristeza.

Concordo com Mario Quintana:

“Morrer, que me importa?
O diabo é deixar de viver.”

A vida é tão boa! Não quero ir embora…
A vida, para ser bela, deve estar cercada de verdade, de bondade, de liberdade.
Essas são as coisas pelas quais vale a pena morrer.

Verdade, Bondade, Liberdade…

A beleza acontece quando a eternidade toca o tempo.
___
Rubem Alves

Anúncios

Só vim te ver…

Muro na Lapa, Rio De Janeiro - RJ

Muro na Lapa, Rio De Janeiro – RJ

Sem outros para você interagir, você não poderia realmente reconhecer a sua própria imagem.

A prisão mental

É a ilusão de um “eu” constante
É a crença ignorante
De que sou a minha mente
Será que sou o “eu triste”?
Ou o “eu” que está contente?
Talvez ambos, ou nenhum
Apenas sei que estou presente
Mas onde está a tal verdade?
Qual é a chave para a liberdade?
Podemos nos livrar da maldade?
E sobre o paradoxo da eternidade?
A vida é essa constante impermanência…
A eterna busca pela expansão da consciência
A eterna fuga da redescoberta da essência
Talvez por isso vivemos nessa penitência

– Poema de Bernardo Sommer
——————–

Eu Sou Outro Você:

Sobre confiar

"Se você quiser alguém em quem confiar, confie em si mesmo" (Legião Urbana)

“Se você quiser alguém em quem confiar, confie em si mesmo” (Legião Urbana)

Esta mensagem é para aquelas pessoas que estão começando a ficar perdidas em meio a tantas informações desencontradas, falsas, boatos, mentiras e deturpações da verdade, infelizmente situação muito comum nos dias atuais. Fica uma sensação ruim de não conseguir acreditar em nada nem em ninguém, não é verdade?

Pois é… Se você está se sentindo assim, lembre-se de acreditar em si mesmo! 😀

Truth Hides – Verdade Oculta

Truth Hides – Asian Dub Foundation

Truth hides under fallen rocks and stones
At the end of a disconnected phone
Truth hides down an unmarked street
Buried deep beneath your feet
Truth hides in people written out of history

Continuar lendo