O som do silêncio

The-Sound-of-Silence

Olhei para os céus.
daí me calei
e por um breve instante
pirei!

[… concentrei,
… … meditei,
… … emudeci ].

Prendi a respiração
tal como apneia,
para ouvir zunido
absoluto e contínuo,
presente e real,
tal como estalido
da pedrinha de Medeia
a repicar em cabeça rompida,
aberta para o Universo.

O mais engraçado
é que sempre estivera lá…

Eu que não lembrava,
não mais reparava
no som do silêncio.

Morri e renasci.
Talvez como se estivesse
no início dos tempos
a confirmar enfim
o nascimento do Verbo.

O som do silêncio me disse:
– Esqueça!

__
Anderson Porto

Anúncios

Metade

Que a força do medo que tenho
Não me impeça de ver o que anseio

Que a morte de tudo em que acredito
Não me tape os ouvidos e a boca
Porque metade de mim é o que eu grito
Mas a outra metade é silêncio.

Que a música que ouço ao longe
Seja linda ainda que tristeza
Que a mulher que eu amo seja pra sempre amada
Mesmo que distante
Porque metade de mim é partida
Mas a outra metade é saudade.

Que as palavras que eu falo
Não sejam ouvidas como prece e nem repetidas com fervor
Apenas respeitadas
Como a única coisa que resta a um homem inundado de sentimentos
Porque metade de mim é o que ouço
Mas a outra metade é o que calo.

Que essa minha vontade de ir embora
Se transforme na calma e na paz que eu mereço
Que essa tensão que me corrói por dentro
Seja um dia recompensada
Porque metade de mim é o que eu penso mas a outra metade é um vulcão.

Que o medo da solidão se afaste, e que o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável.

Que o espelho reflita em meu rosto um doce sorriso
Que eu me lembro ter dado na infância
Por que metade de mim é a lembrança do que fui
A outra metade eu não sei.

Que não seja preciso mais do que uma simples alegria
Pra me fazer aquietar o espírito
E que o teu silêncio me fale cada vez mais
Porque metade de mim é abrigo
Mas a outra metade é cansaço.

Que a arte nos aponte uma resposta
Mesmo que ela não saiba
E que ninguém a tente complicar
Porque é preciso simplicidade pra fazê-la florescer
Porque metade de mim é platéia
E a outra metade é canção.

E que a minha loucura seja perdoada
Porque metade de mim é amor
E a outra metade também.

(Oswaldo Montenegro)

Fifa, McDonald e Futebol

Pode isso, Arnaldo? Recortes de jornais, só para dar uma ideia de como irá ser a tão falada e supostamente superfaturada (e esperada) Copa do Mundo no Brasil… Imagina?

A multa milionária da McDonald’s e o silêncio da mídia

Punição dada à rede McDonald’s deverá incentivar o debate sobre os abusos da publicidade infantil no Brasil. A multa ultrapassa os R$ 3 milhões

http://www.pragmatismopolitico.com.br/2013/04/a-multa-milionaria-da-mcdonalds-e-o-silencio-da-midia.html

CPI do Trabalho Escravo poderá investigar a rede McDonald’s

http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/TRABALHO-E-PREVIDENCIA/419750-CPI-DO-TRABALHO-ESCRAVO-PODERA-INVESTIGAR-A-REDE-MCDONALD%E2%80%99S.html

McDonald´s é indiciado por trabalho escravo

O McDonald´s está sendo investigado pela Polícia Federal por suspeita de submissão de seus funcionários a condições análogas à escravidão. A PF instaurou o inquérito policial após denúncia de não pagamento de salários a uma funcionária durante os oito meses em que ela trabalhou em um dos restaurantes da rede de fast food.

http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/mcdonald%C2%B4s-e-indiciado-por-trabalho-escravo

Regra da Fifa ameaça venda de acarajé em jogos da Copa 2014

A Arena Fonte Nova, estádio que vai abrigar jogos da Copa das Confederações e da Copa do Mundo em Salvador, pode ficar sem acarajé. A venda do tradicional bolinho, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como patrimônio imaterial, é caracterizada como comércio ambulante. A Fifa recomenda o afastamento dessa modalidade de comércio num perímetro de até dois quilômetros das praças de jogos. O acarajé, em tese, não pode ser concorrente dos hambúrgueres produzidos pela rede McDonald’s, patrocinadora oficial da Fifa.

Fifa proíbe festa de São João em Salvador, diz jornal

A Fifa, entidade máxima do futebol mundial e organizadora da Copa das Confederações e da Copa do Mundo, proibiu a realização de pelo menos duas festas juninas em Salvador, capital da Bahia. As informações são do jornal Tribuna da Bahia.

http://www.dgabc.com.br/News/6022314/fifa-proibe-festa-de-sao-joao-em-salvador-diz-jornal.aspx

Pode isso, Arnaldo?