Os Deuses no céu: o Universo como espelho da alma

por Carlos Cardoso Aveline

11136192_918423461543310_1147838382987993925_o

“Conhece a ti mesmo”, dizia a inscrição no templo do oráculo de Delfos, na Grécia antiga.

A tarefa é fundamental, e não é simples: a filosofia esotérica ensina que o mapa da nossa alma é o mesmo mapa do sistema solar.

Cada ser humano é um pequeno retrato do cosmo. Em consequência disso, ficamos diante de um paradoxo astronômico. Para que um indivíduo possa conhecer a si mesmo, deve conhecer o universo.

A identidade oculta de cada alma com a galáxia inteira é percebida intuitivamente pelos poetas. Segundo Olavo Bilac, o homem que pensa e ama é tudo: “é a Terra, é Terras de ouro em céus profundos”. E é também “outras almas vibrando em outros mundos”.

O homem, para ele, é “as nebulosas, gêneses imensas, fervendo em sementeiras de astros novos”. E ele é “todo o cosmo em perpétuas chamas”.

De certo ponto de vista, dialogamos secretamente com o céu o tempo todo, e Bilac confessou, em um dos seus poemas mais famosos :

“Ora, direis, ouvir estrelas! Por certo perdeste o senso! E eu vos direi, no entanto, que para ouvi-las, muitas vezes desperto, e abro as janelas, pálido de espanto”.[1]

O diálogo com o céu se dá de modo em grande parte subconsciente. A ciência astrológica busca conhecer de modo racional essa troca de energias com o universo. Ela faz um mapa com os detalhes da ligação magnética de cada indivíduo com os diversos planetas. Assim obtemos uma astronomia da alma. A partir da análise da posição dos astros no céu no momento em que nascemos, a astrologia busca revelar o sentido geral, as possibilidades, os desafios e as oportunidades da nossa existência no mundo dinâmico do sistema solar. A astronomia da alma é uma psicologia decisiva para quem trata de aprender a viver.

O hábito de observar o céu nasceu junto com a humanidade. Os povos do passado estudavam astronomia e buscavam orientar-se espiritualmente através da sua relação com planetas e estrelas.

Os reis da antiga Índia, da China, do antigo Egito e dos povos andinos consideravam-se filhos do Sol. Os maias e astecas tinham uma astronomia sofisticada. Os deuses dos gregos moravam no céu. A palavra Zeus vem do termo sânscrito Diaus, que significa “céu”. Zeus, o senhor do espaço cósmico grego, é o mesmo Júpiter dos romanos e serviu de modelo para a figura quase humana do Deus cristão.

O universo é a expressão material de uma inteligência superior. Por isso, embora sua essência esteja além das palavras, suas manifestações são compreensíveis desde vários pontos de vista. As linguagens pelas quais o universo pode ser compreendido não incluem apenas a matemática e a geometria, mas também a percepção mística. Em inúmeros casos, como veremos, essas três linguagens caminham juntas.

O ato de olhar o céu à noite nos leva a uma compreensão intuitiva e espiritual do universo. Os planetas eram os deuses peregrinos dos antigos. O grande axioma da Tábua de Esmeralda afirma que “o que está embaixo é como o que está em cima, e o que está em cima é igual ao que está embaixo”.[2]

__
NOTAS:

[1] A primeira citação de Bilac é do poema “Microcosmo”, em “Poesias”, Olavo Bilac, Ediouro, 1978, p. 188. A segunda citação é do fragmento XIII do poema “Via Láctea”, p. 37 do mesmo volume.

[2] Veja os textos “A Tábua de Esmeralda” e “Sabedoria Hermética no Século 21”. Estes dois artigos de Carlos Cardoso Aveline estão disponíveis em http://www.FilosofiaEsoterica.com e seus websites associados.

Fonte: [ Carlos Cardoso Aveline ]

A “Guerra aos Homens” Através da Degradação de Mulher

1209386_561318113932850_780275945_n

”Como um homem pode reconhecer o seu “Eu Completo” e seu pleno poder através dos olhos de uma mulher incompleta? A mulher que tem sido despojada do seu reconhecimento como “Deusa” e foi diminuída para uma bunda e peitos grandes para o conforto físico apenas.

A mulher que foi silenciada para que pudesse esquecer a sua essência espiritual, porque suas palavras agitam muitos pensamentos fora do espaço do prazer.

A mulher que foi diminuída para cobrir tudo o que apodrece dentro dela com roupas e sapatos vermelhos.

Estou certa de que os homens que reestruturaram as nossas sociedades de culturas onde a mulher era honrada, não tinham ideia do resultado. Eles não tinham ideia de que, eventualmente, até mesmo os homens tornariam-se vazios e com saudade da profundidade, significado e conexão.

Há uma profunda tristeza em mim quando eu assisto a um homem que não pode reconhecer o vazio que sente quando objetiva-se como um banco e realmente acredita que ele pode comprar o amor com as coisas e status social. É doloroso para ele testemunhar a “traição” quando uma mulher recusa a oferta.

Ele não reconhece que a criação de uma meia-mulher tem contribuído para a sua raiva reprimida e a frustração de sentir que ele não é suficiente. Ele, então, pode não conseguir amar nenhuma mulher ou pode manter varias meias-mulheres como o seu “prêmio”.

Ele não reconhece que é sua submersão na cultura guerreira desequilibrada, onde a violência é o meio de conseguir respeito e poder, como a razão pela qual ele pode quebrar o rosto da mulher, que lhe deu quatro filhos.

Quando a mulher é perdida, assim é o homem. A verdade é que a mulher é a janela para o coração de um homem e coração de um homem é a porta de entrada para a sua alma.

Poder e controle NUNCA irá ser maior que o amor.

Que todos nós possamos encontrar o nosso caminho.”
~ Jada Pinkett-Smith, Revista Sinuous

Fonte: [ Evolução da Consciência ]

O que fazer?

Consegui a atenção de vocês? Ótimo!

Quero propor uma análise da situação atual, para tentar ajudar alguns a “relembrar” algumas coisas que, por motivos diversos, estão esquecendo…

Primeiro ponto.

– Polícia quer usar armas letais para conter “manifestações”.

É isso mesmo que eu entendi? A Corporação da Polícia Militar, que volta e meia está reclamando de salários e péssimas condições de trabalho, inclusive lutam há tempos pela PEC 300, acha que vai fazer um papel de repressão “mais bonito” se puder sair matando por aí? É para isso que serve a polícia?

Não lhes ocorre o iluminado pensamento de que matar estudantes, em seu livre direito de manifestarem-se CONTRA ESSES ABUSOS E ABSURDOS é mais um absurdo, e o que é pior, intolerável pela sociedade?

Ou vocês acham que esses adolescentes não sabem se defender? Ou vocês acham que a família de vocês estará protegida de vinganças, depois de saírem matando por aí? Sério mesmo que vocês não conseguem entender os motivos das manifestações? Ou não querem entender?

Ou vocês realmente acham que os pais desses manifestantes, que hoje são empresários e donos de vários estabelecimentos, irão ficar calados e quietos, vendo suas crianças serem assassinadas, para que a polícia defenda o “STATUS QUO” de um Governo que não está fazendo absolutamente NADA PARA MELHORAR A VIDA DE TODOS?

Hoje em dia qualquer adolescente mediano aprende a fazer bombas com ingredientes vendidos em farmácias, sabiam? Bolas de gude, embaladas com plástico e pólvora, disparadas com ridículos estilingues, viram armas letais também, sabiam? Já pararam para pensar que o cozinheiro que prepara o almoço de vocês pode ter um filho que está nas ruas lutando por melhorias?

Pensem MUITO BEM antes de iniciarem uma guerra civil. As marcas e cicatrizes de uma guerra ficam para sempre na alma da população. Quem bate esquece, quem apanha lembra para sempre!

Segundo ponto.

– Querem negociar com lideranças… O QUE?

Será possível que a ABIN, PM, GOVERNO e outras entidades que se dizem inteligentes, ainda não perceberam que NÃO EXISTEM LIDERANÇAS!? Que os manifestantes são apenas os mesmos cidadãos, que acordam cedo para enfrentar ESTÚPIDOS TRANSPORTES ENTUPIDOS e de quinta categoria, que pagam IMPOSTOS ABSURDOS faz tempo (incluindo aí vocês mesmo), que se submetem a viver sem dignidade e sem direitos básicos, para que uma turminha de sanguessugas, que vive de juros e maracutaias, possa curtir a vida enquanto outros ralam de sol a sol?

O tempo de melhorar a vida de todos chegou, ou vocês ainda não entenderam?

Terceiro ponto.

– As MENTIRAS das “verdades oficiais”.

Não podemos mais esconder o Sol com a peneira da mídia, distorcendo e manipulando informações. Não dá. Não tem como. Conseguem enganar alguns com edições jornalísticas nas TV’s. Alguns! Agora… Pessoas que moram espalhadas pelo mundo inteiro estão sabendo EXATAMENTE o que está acontecendo aqui, da mesma forma que estamos sabendo do que acontece no mundo; sem intermediários. A época da “falsificação de verdades” acabou. Atualizem-se! Acordem! “Mentiras oficiais”, hoje em dia, nem pernas tem mais.

É necessário mudar de postura e agir de forma correta. Ninguém aguenta mais aturar a corrupção, o desvio de verbas, os superfaturamentos, as licitações fraudadas, comprar créditos para celular, pagar contas e mais contas absurdas de ÁGUA, LUZ, COMBUSTÍVEIS, INTERNET, TAXAS disso e daquilo…

Ou será que vocês no poder acham mesmo que as pessoas ficariam contentes ao verem o MARACANÃ ser destruído e reconstruído, para que somente as ELITES possam curtir um “jogo no Maraca”? Vocês acham que não estamos vendo os políticos e empresários da máfia serem absolvidos de CRIMES contra a sociedade? Vocês acham que estamos entretidos com porcarias da TV enquanto vocês roubam nossas vidas e NOSSO DINHEIRO duramente conquistado?

Essa coisa do “jeitinho brasileiro” tornou nossa sociedade PODRE, POBRE DE VALORES, EGOÍSTA e CANSADA… Deixou as pessoas sem perspectiva de melhorias… Tornou todos desconfiados e cabreiros…

Aí o que acontece? O que deveria ser óbvio, mas parece que não entra na cabeça dos nossos governantes é simples: QUANDO AS PESSOAS PERDEM A ESPERANÇA e não veem mais formas de melhorar, PASSAM A LUTAR PELA PRÓPRIA SOBREVIVÊNCIA.

NÓS NÃO ESTAMOS NEGOCIANDO! Estamos SIM, EXIGINDO MUDANÇAS, na forma de governar, nas formas de fiscalizar, na forma de gerir os recursos dos impostos; em suma, exigindo melhorias PARA TODOS.

Não somos contra o capital, como também não somos comunistas, nem terroristas, nem nazistas, nem quaisquer rótulos que queiram nos impingir. o QUE NÓS SOMOS: CIDADÃOS. O que defendemos é UMA IDEIA! Nós todos iremos morrer, ideias não.

Quarto ponto.

– “Conter” as manifestações.

Pergunta-se: POR QUE A POLÍCIA USA MÁSCARAS PARA COBRIR O ROSTO? Medo de retaliações?

Pois este é exatamente pelo mesmo motivo que os manifestantes estão cobrindo o rosto. Vocês tacaram bombas de gás lacrimogênio em crianças! Vocês atiraram balas de borracha contra adolescentes! Vocês estão fazendo exatamente o que NÃO DEVERIAM FAZER, em vez de fazer aquilo que deveriam…

E o que é que deveriam fazer?

Fazer o certo, ÓBVIO!

01) Prender os políticos corruptos;
02) Prender os que desviam verbas;
03) Prender que fraudam licitações;
04) Prender aqueles que aceitam e/ou oferecem suborno;
05) Legislar para melhorar nossa sociedade;
06) Proteger a liberdade individual;
07) Defender os mais humildes, os mais necessitados;
08) Proteger o cidadão dos interesses financeiros das corporações;
09) Melhorar a vida de TODOS!
10) Fazer jornalismo ÉTICO, fazer política ÉTICA, fazer justiça ÉTICA E JUSTA!

e por aí vai…

Torcemos sinceramente para que VENHAM EM PAZ e pela paz.

Eu, com cidadão, ainda acredito que vocês no poder possam fazer a coisa certa, em vez de tentarem simplesmente IMPOR velhos e mofados absurdos. Se chegamos até aqui é porque em algum ponto da evolução alguma coisa saiu errado, todos nós percebemos que TEM MUITA COISA ERRADA e É AGORA PRECISO AGIR PARA CORRIGIR ISSO.

Do contrário, É CERTO QUE ESTAREMOS TODOS APENAS LUTANDO PELA NOSSA SOBREVIVÊNCIA.

Anderson Porto

Indaguei a mente

Vai teu corpo, leva de mim
Teu passado todo
Consolo
E ficar por aqui
Vai ter a quaresma na terra
E a guerra não deve existir
Só rima com escravos, não cravos
De bonitas rosas
Já que indaguei a mente e não a alma
Que bonita flor
Primeiro a imaginação
Depois eu poderia pôr
Você faz bem isso
Que te amo
Já que indaguei a mente
E não a alma
Elegi o amor

(Indaguei a mente – Otto)