Aquele papo sobre grana $$$

Noutro dia me perguntaram como que eu ganho a vida. Ganhar a vida?

Vem cá… Que papo é esse? Perceba… A vida acontece! A vida “é”, simplesmente! Por isso que se chama presente.

As pessoas confundem “ganhar a vida” com “pagar contas”.

O que você quer saber é como sair dessa vida de viver para pagar contas, não é verdade?

Então respondo: DESTRUINDO a construção das prisões mentais, o formato de vida que eles criaram para você.

Construa você mesmo(a) vários outros formatos de vida para si, as suas próprias prisões.

Funciona com todos? Não. Não é qualquer um que lida bem com as consequências disto.

Me parece óbvio que, se você escolhe querer ser “podre de rico”, primeiro tem que se tornar “podre”; isto é, adorar despudoradamente o dinheiro e todas as consequências nefastas da guerra (competição) para adquirí-lo, passando por cima de tudo e todos, com o objetivo único de tornar-se rico.

Sim, tem gente que segue nessa… Eu escolhi outro caminho.

O que fiz foi diminuir as expectativas e os gastos desnecessários ao máximo que pude, acabando com a compra de supérfluos e focando apenas no que preciso para viver. O tempo livre uso para estudar, relaxar, aprender, visitar quando posso os amigos, praticar aquilo que aprendo e, claro, sair dos trilhos (rotinas) de vez em quando.

Passei a ver o dinheiro não como uma pilha de tijolos, que precisa ser mantida protegida das intempéries, mas como folhas e frutos de árvores, sendo levadas pelo vento e pássaros para onde necessitam delas.

Atualmente tenho muito trabalho, todos os dias. Sou gestor de um projeto sendo mantido com ajuda financeira, venda de mudas, camisas, trabalhos “freelas” e o que mais aparecer. Cuido do quintal, do horto, faço contatos com pessoas interessadas em divulgar sua marca ou produto para sei lá quantas mil pessoas que acessam diariamente o projeto online.

O Tudo Sobre Plantas é também mantido através de mecenas, pessoas que cuidam da estabilidade do projeto, ajudando com doações para manter o projeto online, pois perceberam que ele é essencial para ajudar outras pessoas a cultivarem e aprenderem mais sobre o mundo das plantas.

A informação do portal, atrelada ao grupo de estudos e publicação de notícias, informa e forma gente capacitada a cuidar melhor das plantas. E o projeto vem crescendo mais e mais a cada ano. Agora..

Qualquer um faria o que faço? Penso que não. Existe pouca gente no mundo nessas atividades. Você abre mão de um monte de coisas da vida.

O que entendi é que só eu sendo quem eu sou posso suportar as coisas que eu suporto, viver a vida que eu levo e arcar conscientemente com as consequências das escolhas que fiz e faço.

Por isso que digo que a experiência de vida de cada um é única. Este é o meu caminho, aquele que estou trilhando por conta de minhas escolhas, dentro das condições e opções que a vida me apresenta.

O que aprendi disso tudo é: viva a SUA VIDA, em vez de querer viver a vida dos outros.

Anderson Porto

14344958_10154518163609670_489541319691924545_n

Anúncios
Esta entrada foi postada em Poesias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s