O verdadeiro “Eu”

1001284_543153825780886_786772035_n

Sério mesmo!? Você demonstra por A + B e as pessoas não acreditam que foram programadas… Ou não querem acreditar… Por quê?

Porque aceitar que foi programado é muito ruim pro EGO… É reconhecer que esse tal “eu” pessoal foi todo construído baseado em modelos alheios, externos…

As pessoas que chamo de “zumbis” (comedores de cérebros) vêem algum gesto e imitam. Vêem algum comportamento e imitam. Vêem alguém fazendo alguma coisa, acham legal e passam a agir daquela maneira. Pensam: “eu sou assim”.

Daí os pensamentos tornam-se ações. Pela repetição tornam-se hábitos. Cada hábito torna-se parte do caráter.

E se o indivíduo tenta sair dessa prisão, fugir disso, lá vem a pressão da sociedade e tenta te colocar de volta nos trilhos… Pois o diferente entra em conflito com a programação, incomoda…

Como eles, no poder, não tinham meios de controlar apenas pela força bilhões de pessoas, o que fizeram? Criaram um sistema onde eles criam as regras e as pessoas controlam as demais através de coerção, chantagem ou isolamento. Funciona!

Para sair disso só resta a cada um “desconstruir” a sua própria personalidade, enfrentando milhares de medos incutidos e sombras negadas, até que seja possível construir por seus próprios meios o seu verdadeiro Eu.

Anderson Porto

Anúncios
Esta entrada foi postada em Poesias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s