Nova Gênese – Capítulo I – parte 4

Roteiro: NOVA GÊNESE
Autor: Anderson da Costa Porto
Dt.: 06/03/06

[ parte 1parte 2parte 3parte 4 ]

Argumento: A humanidade descobre um objeto gigantesco, vindo em direção a Terra e decide fugir, construindo uma nave que permita que parte da população mundial possa escapar e permanecer por décadas no espaço. Durante a construção, uma escavação na Amazônia descobre um templo antigo, com segredos que poderão mudar completamente toda a história da humanidade.

>>>

(Recapitulando…)

(Ago de 1999)

Cientistas advertem que se não partirem logo, será quase certo não conseguirem escapar do raio da explosão. Um último problema: mesmo com a presença de tecnologia nunca antes imaginada, a nave não possui poder de propulsão suficiente para arrancar para sua jornada no cosmos.

Asthiagor comunica que descobriu uma maneira de salvar a Terra. As se indagar sobre se haveria futuro para todos, uma ideia apareceu: “ – Será que em alguma realidade alternativa do multiverso, a Terra não seria alvejada por um asteróide?” – perguntou-se. A partir daí, confinou-se no Templo para concentrar-se e acabou por achar aquela que seria ideal. Solução: mesclar a Terra atual com a alternativa. Problema: a realização de tal magia implica no acúmulo de energia pelos próximos três meses. Se Asthiagor ajudar a GALAXIA a partir, poderá não conseguir executar seu plano.

O Conselho Global decide pelas vidas humanas e pede o quinto e último pedido à Asthiagor: toda a ajuda necessária para a propulsão da nave. A Terra, como está sendo abandonada, segue em segundo plano de prioridade.

Asthiagor se despede de seus discípulos, que irão embarcar na nave, e presenteia a cada um com uma gema que os une mentalmente com Asthiagor, para o caso de ser necessário uma consulta ou conselho.

Satélites monitoram Asthiagor entrar no Templo. Todos os remanescentes são embarcados. Só ficam na Terra, ele, parte de alguns fanáticos e poucos habitantes que não foram localizados ou não quiseram entrar na nave.

>>>

CAPÍTULO I – continuação

(Set de 1999)

Os motores da nave GALAXIA são ligados. Seu curso é pré-estabelecido e travado. Todos esperam anciosos pela partida. Entretanto, nada de diferente acontece. Aos poucos, começam a notar diversos raios azuis aparecerem ao redor dos motores. Raios estes que parecem desenhar um segundo motor, muito maior do que o da própria nave. A figura de Asthiagor aparece para a multidão que o assiste. Ele diz: ” — Ao meu sinal… Prontos?! Já !!!”. Um jorro de energia do motor feito por Asthiagor é disparado ao mesmo tempo que os motores da nave, acionados em potência máxima. O empuxo gerado é tão grande que diversas pessoas são arrancadas do chão. Asthiagor executa rapidamente uma magia para salvá-las. A nave está a caminho de seu destino. Pelos monitores tem-se a visão da Terra ficando para trás. Os motores esgotam-se e são desligados. A nave desliza calmamente pelo espaço.

Continuar lendo